28/11/2008

Prêmio de Jornalismo do Sebrae 2008

O cartaz já diz tudo, mas você pode ver o regulamento no link abaixo

Tautologia

Você sabe o que é Tautologia? A tautologia é , na retórica, um termo ou texto redundante, que repete a mesma idéia mais de uma vez... É o termo usado para definir um dos vícios de linguagem. Consiste na repetição de uma idéia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido. O exemplo clássico é o famoso 'subir para cima ' ou o 'descer para baixo '. Mas há outros, como você pode ver na lista a seguir: - elo de ligação - acabamento final - certeza absoluta - quantia exata - nos dias 8, 9 e 10, inclusive - juntamente com - expressamente proibido - em duas metades iguais - sintomas indicativos - há anos atrás - vereador da cidade - outra alternativa - detalhes minuciosos - a razão é porque - anexo junto à carta - de sua livre escolha - superávit positivo - todos foram unânimes - conviver junto - fato real - encarar de frente - multidão de pessoas - amanhecer o dia - criação nova - retornar de novo - empréstimo temporário - surpresa inesperada - escolha opcional - planejar antecipadamente - abertura inaugural - continua a permanecer - a última versão definitiva - possivelmente poderá ocorrer - comparecer em pessoa - gritar bem alto - propriedade característica - demasiadamente excessivo - a seu critério pessoal - exceder em muito. Note que todas essas repetições são dispensáveis. Por exemplo, 'surpresa inesperada '. Existe alguma surpresa esperada? É óbvio que não. Devemos evitar o uso das repetições desnecessárias. Fique atento às expressões que utiliza no seu dia-a-dia. Verifique se não está caindo nesta armadilha.

Tática de vendas

Uma dona de casa, num vilarejo, ao atender as palmas em sua porta... - 'Oh de casa, tô entrando!' Ela se depara com um homem que vai entrando em sua casa e joga cocô de cavalo em seu tapete da sala. A mulher apavorada pergunta: - 'O senhor está maluco? O que pensa que está fazendo em meu tapete?' O consultor, sem deixar a mulher falar, responde: - 'Boa tarde! Eu estou oferecendo ao vivo, o meu produto, e eu provo pra senhora que os nossos aspiradores são os melhores e mais eficientes do mercado, tanto que vou fazer um desafio: se eu não limpar este cocô em seu tapete, eu prometo que irei comê-lo!' A mulher se retirou para a cozinha sem falar nada. O vendedor curioso, perguntou: - 'A senhora vai aonde? Não vai ver a eficiência do meu produto?' A mulher responde: - 'Vou pegar uma colher, sal e pimenta e um guardanapo de papel. Também uma cachaça para te abrir o apetite, pois aqui em casa não tem energia elétrica !' Moral da história:
Conheça bem o seu cliente antes de oferecer qualquer coisa!!

"Blog exige mais de mim que as grandes mídias", diz Juca Kfouri

Blog exige mais de mim que as grandes mídias, diz Juca Kfouri
"Eu sinto que meu blog exige mais de mim que qualquer outro veículo, mais que as grandes mídias". É assim que o jornalista Juca Kfouri compara as mídias ao abordar um dos temas que estarão em pauta no seminário de Jornalismo Esportivo, dia 12/12, em São Paulo. Com mais de 40 milhões de acessos, o blog do jornalista Juca Kfouri, é um dos blogs esportivos, mais lidos do Brasil. Em mais de 35 anos de carreira, Juca acredita que, dependendo da audiência, o blog exige mais dedicação do jornalista, porque os leitores acompanham o trabalho intensamente. "Se eu deixo de atualizar por um dia, porque tenho de fazer muitas coisas, as pessoas cobram, me perguntam se aconteceu alguma coisa, se estou doente". Experiência com diferentes meios de comunicação não falta na vida de Juca, que atua na ESPN, rádio CBN e em seu blog. Sem contar as passagens marcantes pelas revistas Playboy e Placar. O conteúdo jornalístico é o mesmo, o que muda é o meio. "Eu apuro, entrevisto, opino em todos os meios. Se eu colocar uma entrevista no blog, não muda em nada, o que muda é o meio, mas é o mesmo jornalismo, o mesmo conteúdo", detalha. No caso do blog, a credibilidade não é do meio, mas do jornalista. "Existem blogs que têm credibilidade e muitos outros que não têm. Isso depende do jornalista. Não é porque um jornalista escreve que o blog tem credibilidade". Juca se identifica mais com o jornal impresso, pela profundidade, mas o rádio tem um significado especial em sua vida. "O rádio me dá mais prazer. Me arrependo de não ter começado no rádio antes", diz. Juca Kfouri será um dos palestrantes do Seminário de Jornalismo Esportivo, dia 12/12, em São Paulo. O evento contará com outros jornalistas renomados, como Cleber Machado, Silvio Luiz e Paulo Vinícius Coelho. Fonte: Comunique-se

27/11/2008

Feras da guitarra

Essa é pra quem curte uma guitarra bem tocada. Freddie Wong, Joe Satriani e Funtwo no concerto de lançamento do Youtube Live! Curte aí!! É de primeira!!

25/11/2008

Prestigie a boa música

Concertos em Pauta

Grupo Palmas Música

Dia 26/11 // 20h30 Theatro Fernanda Montenegro

No programa, obras de Garoto, Francis Kleyjans, Villa-Lobos, Claude Bolling.

Contamos com a presença de todos. Visitem nosso blog e comentem: http://grupopalmasmusica.blogspot.com Abraço, Aline Martins

"No Coração do Brasil" no Tocantins

Tocantins é o destino desse sábado!
Em "No Coração do Brasil" desta semana, José Luiz Datena desvenda a história da criação do mais novo estado do país e os segredos do nascimento da cidade capital... Nossa equipe visita as refrescantes praias de água doce do gigantesco Lago de Palmas. Na maior reserva de cerrado do Brasil a transformação do capim dourado na mais reluzente arte. Para abrir o apetite, uma receita tocantinense com uma pitada do maranhão. A luta para a preservação do parque estadual do Jalapão, e as belezas de suas cachoeiras, rios e cascatas. Além do mergulho insólito na lagoa do fervedouro, onde é impossível afundar . Tudo isso e muito mais, aqui No Coração do Brasil.
Fonte: http://www.band.com.br/nocoracaodobrasil/

TV Palmas deixa de retransmitir a TV Cultura para transmitir a TV Brasil

Fonte: Redação Portal IMPRENSA A partir de janeiro do próximo ano, a TV Palmas/Redesat, que desde 1996 retransmite a programação da TV Cultura de São Paulo, deixa a emissora pública paulista e passa a transmitir o sinal da EBC/TV Brasil. Para explicar aos funcionários da rede a mudança, no último final de semana o gerente executivo da TV Brasil, Marco Antônio Tavares Coelho Filho, esteve em Palmas (TO) para ministrar a palestra "A TV Brasil e a Política de Articulação de Rede". Na ocasião, Coelho disse que a programação local será construída junto da nova afiliada. "Vamos construir uma programação junto com nossas afiliadas, pois 50% da nossa grade de programação será produzida por nossas parceiras e não só por uma emissora", informou a Secretaria de Comunicação do Estado. Apesar das mudanças na grade, alguns programas da TV Cultura serão mantidos na grade, tais quais o "Castelo-Rá-Tim-Bum", "Vila Sésamo", "Cocoricó", "Roda Viva", "Viola, Minha Viola", entre outros. Para Vieira de Melo, superintendente interino da Redesat, a TV Brasil será um grande instrumento de divulgação do Tocantins para difusão de um conteúdo cultural e educativo, "o que não é feito pelas emissoras comerciais". Já a diretora de telejornalismo da TV Palmas, Lúcia Brito, destacou a oportunidade de se mostrar a produção jornalística do Tocantins em escala nacional. "Essa é uma excelente oportunidade de ver as matérias regionais veiculadas em nível nacional e mostrar que somos capazes", finalizou.

Prazo de inscrições para o concurso do Quadro Geral termina nesta quarta

(Palmas, 25 de novembro de 2008)

Termina nesta quarta, 26, às 23h59 (horário de Brasília, para o Tocantins 22h59), o prazo de inscrições ao concurso do Quadro Geral do Poder Executivo. As inscrições podem ser efetuadas somente via internet, pelo endereço http://secad.unitins.br, para preenchimento do formulário de inscrição e impressão do DARE – Documento de Arrecadação Estadual, referente à taxa de inscrição, que corresponder ao cargo escolhido. Editais e anexos podem ser acessados no mesmo local ou pelo site www.to.gov.br/secad.

Para os cargos de nível superior, o valor da inscrição é de R$ 90,00; para nível médio R$ 60,00, e nível fundamental, R$ 35,00. O DARE deverá ser pago até quinta, 27, nas agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica, Itaú, Bradesco, Banco da Amazônia e casas lotéricas. O comprovante de inscrição deverá ser retirado, também via internet, a partir de 2 de dezembro. No dia da prova, será exigido do concursando a apresentação de documento de identidade e o comprovante. Lembrando que o edital prevê 5% das vagas, distribuídas por cargo, aos portadores de deficiência.

No caso de deficientes, é obrigatório o encaminhamento para a Unitins (108 Sul, Alameda 11, lote 3, Caixa Postal 173, CEP 77020-112, Palmas/TO) de laudo médico atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência até o dia 4 de dezembro, em horário comercial. A relação dos candidatos portadores de deficiência que tiverem a inscrição deferida será publicada no Diário Oficial com no mínimo 20 dias antes da aplicação das provas. A data oficial de aplicação das provas será divulgada logo após o encerramento das inscrições.

O concurso será realizado em uma única etapa, com 4 horas de duração, eliminatória e classificatória, com questões de múltipla escolha. Os candidatos aprovados que excederem ao número oferecido de vagas por cargo/município, entrarão para o cadastro de reserva. O certame será realizado nas cidades de Araguaína, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Palmas, Paraíso, Porto Nacional e Tocantinópolis. Ao se inscrever, o candidato deverá apontar onde deseja prestar o concurso e para qual localidade.

Por Seleucia Fontes/Secad

Brasil, vice-líder em repetência na América Latina

Educação Repetência no Brasil é a segunda maior da América Latina Sempre que sai um relatório internacional sobre a educação no mundo, já podemos nos preparar para encarar, com vergonha, nossa realidade. Desta vez, um ranking de metas globais divulgado pela Unesco, braço das Nações Unidas para a educação e cultura, coloca o Brasil em 80º lugar - caímos quatro posições em relação ao último levantamento. Como diz o jornal O Globo (para assinantes), o relatório afirma que o Brasil é o único país da América Latina com mais de 500 mil crianças em idade escolar fora das salas de aula. Além disso, temos a segunda maior taxa de repetência da região, com 18,7% no ensino primário. Pior, só o Suriname, com 20,3%. A média latino-americana é de 6,4%. Fontes: Notícia: http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2008/11/24/relatorio_da_unesco_mostra_deficiencias_do_brasil_na_educacao-586538478.asp Relatório para download (em inglês): http://unesdoc.unesco.org/images/0015/001547/154743e.pdf

Amazônia X Nordeste

O texto abaixo foi postado no grupo que assino na internet. Não há menção de sua origem, mas o texto é bastante convidativo à reflexão sobre as reais intenções das chamadas ONGS ambientalistas que pululam aos montes na Amazônia, enquanto nosso Nordeste, infinitamente mais carente de ajuda, não recebe o mesmo interesse.
Eis o texto abaixo: Análise interessante!!! Você consegue entender isso???
Vítimas da seca no Nordeste Índios na Amazônia
Quantos 10 milhões 230 mil
Sujeitos à fome? Sim Não
Passam sede? Sim Não
Subnutrição? Sim Não
Ongs estrangeiras ajudando Nenhuma 350
Provável explicação:
A Amazônia tem ouro, nióbio, petróleo, as maiores jazidas de manganês e ferro do mundo, diamante, esmeraldas, rubis, cobre, zinco, prata, madeira, plantas medicinais, a maior biodiversidade do planeta (o que pode gerar grandes lucros aos laboratórios estrangeiros) e outras inúmeras riquezas que somam mais de 14 trilhões de dólares. Já o Nordeste não tem riqueza. Só tem mandioca e bode, além da cana de açúcar. Será por isso que lá não há ONGs estrangeiras ajudando os famintos? Há mais ONGs estrangeiras indigenistas e ambientalistas na Amazônia brasileira do que em todo o continente africano, que sofre com a fome, a sede, as guerras civis, as epidemias de AIDS e Ebola, os massacres e as minas terrestres. Você não acha isso, no mínimo, muito suspeito? É uma reflexão interessante... É por amor ao próximo ou por amor à riqueza da terra? Você pensa e decide.

Evolução do guarda-chuva??

O guarda-chuva não mudou quase nada em séculos de existência, e já estava na hora de uma mudança radical! O Nubrella é um guarda-chuva que deixa suas mãos livres e te protege de chuvas, ventos, neve e granizo. Segundo o fabricante o Nubrella é o guarda chuva do século 21. Pode até proteger muito bem da chuvas de vento e outras tempestades mas quem vai ter coragem de sair na rua com isso na cabeça? O Nubrella, não é um conceito, já está sendo produzido e pode ser comprado por US$59,99 no próprio site da Nubrella, onde você encontra modelos de várias cores.

24/11/2008

Ligando os pontos, com Steve Jobs

Discurso proferido por Steve Jobs, CEO da Pixar e da Apple, para os formandos da faculdade de Stanford, na Califórnia, no ano de 2005. Com legendas em Português.

21/11/2008

Amazônia deixará de existir se desmate chegar a 50%

Fonte: Redação 24HorasNews
Link original: http://www.24horasnews.com.br/index.php?mat=274131
    
A floresta amazônica deixará de existir se mais 30% dela forem destruídos. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (20), em Manaus, durante a conferência científica Amazônia em Perspectiva.
    
"O número agora está consolidado. Se 50% de toda a Amazônia for desmatada, um novo estado de equilíbrio vai existir no bioma", afirma Gilvan Sampaio, do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Hoje aproximadamente 20% de toda a floresta amazônica, que tem mais de 8 milhões de quilômetros quadrados, já sumiram "No Brasil, esse número está ao redor de 17%."
    
E pode chegar aos 50% até o meio do século. Um estudo de 2006 da Universidade Federal de Minas Gerais prevê que, se o ritmo do corte raso continuar, quase metade da floresta que sobra hoje tombará até 2050.
    
O novo modelo desenvolvido pelo pesquisador não considera mais a vegetação como algo estático, como ocorria nos estudos apresentados anteriormente. "Desta vez, existe uma espécie de conversa entre o clima e a vegetação", afirma Sampaio, que havia publicado uma versão anterior de seus modelos no ano passado.
    
De acordo com o estudo, que analisa a situação da floresta num intervalo de 24 anos, a região leste da Amazônia ainda é a mais sensível. Como o clima depende da vegetação, e vice-versa, a ausência de árvores na parte oriental da Amazônia fará com que as chuvas diminuam até 40% naquela região.
    
"As pessoas têm a idéia de que a floresta cortada sempre se regenera, mas nesse novo estado de equilíbrio isso não deve mais ocorrer, pelo menos no leste da floresta."
O estudo também mostra que a geografia do desmatamento pouco importa para que o ponto de não-retorno da floresta seja atingido. "A questão é quanto você tira e não de onde". Se países como o Peru e a Venezuela, onde a situação da floresta é melhor hoje, começarem a desmatar muito, todo o bioma estará em perigo.
    
A conseqüência desse novo equilíbrio ecológico será bem mais impactante no lado leste. Sem chuva, a tendência é que toda a região vire uma savana pobre. "Não é possível falar em cerrado, porque ele é muito mais rico do que a capoeira que surgiria na Amazônia."
    
O oeste amazônico, entretanto, onde estão o Amazonas e Roraima, continuariam a ter florestas, mesmo nessa nova realidade climática. "A umidade continuaria a ser trazida do Atlântico pelo vento", diz.
    
O desafio brasileiro para impedir que a floresta entre em um novo estágio evolutivo parece até fácil de ser resolvido --no papel. Dos 5 milhões de hectares da Amazônia que estão dentro do país, 46% são protegidos por lei. Mas, na prática, a preservação dessas regiões não é integral.
    
Uma prova clara disso foi dada ontem também na conferência de Manaus. Dados apresentados por Alberto Setzer, também do Inpe, mostram que entre 2000 e 2007 os satélites registraram focos de incêndio em 92% das unidades de conservação da Amazônia. "Isso me deixa consternado", diz Setzer.
    
Em Roraima e Tocantins, 100% das áreas de proteção ambiental tiveram incêndios. "Muitas dessas unidades de conservação não têm nem meios para combater o fogo", afirma o pesquisador.
    
O sumiço de parte da floresta amazônica terá conseqüências imediatas para o Nordeste. "A tendência de desertificação vai aumentar bastante", diz Sampaio. O grupo do Inpe ainda estuda as conseqüências da possível nova Amazônia para as demais regiões do Brasil.

20/11/2008

Nem tudo o que dá certo é certo!

Por Lourenço Stelio Rega

É normal pensarmos que tudo que dá certo é bom. Nos dias de hoje, o sucesso é tido como paradigma de aprovação. Assim, se a sala de aula está cheia, é sinal de que o professor é competente. Se a empresa está lucrando, significa que seus produtos e serviços têm qualidade. Igreja lotada é sinônimo de ministério abençoado. Mas, será mesmo?

O problema é quando aplicamos esta mesma lógica para o campo da ética. O caso do famigerado mensalão é típico. Para que projetos de leis ou interesses de grupos fossem aprovados em Brasília, descobriu-se que valores eram generosamente distribuídos a parlamentares para que votassem favoravelmente. Vejam que coisa: para que as leis fossem aprovadas, era preciso descobrir meios que eliminassem as chances de derrota no plenário.

Enquanto o esquema funcionou, tudo era "correto" – as leis eram aprovadas e cada um recebia a sua parte. Mas alguém entrou em prejuízo – no caso, o ex-deputado Roberto Jefferson –, então houve a denúncia e o efeito dominó aconteceu. Caíram parlamentares, empresários e assessores palacianos. A mesma lógica funcionou no caso do ex-presidente Collor, do ex-juiz Lalau e de tantos outros (daria um grande e extenso "etecétera"). Cabe a pergunta: será que as coisas, no Brasil, só vêm à tona quando alguém deixa de receber algo?

E não é apenas nas altas esferas do poder – na nossa vidinha comum, casos de gente pega com a mão na botija são inúmeros. Quem nunca ouviu falar do funcionário que apresenta notas fiscais mais altas do que as despesas que fez para reembolso? Nos restaurantes e nas corridas de táxi, ele sempre pede comprovantes de valores mais altos; afinal, os tempos estão bicudos e é preciso encontrar maneiras para sair do sufoco. Ele vai se dando bem, até o dia em que é descoberto e vai para o olho da rua com a ficha suja.

E o marido que vive um caso extraconjugal, escondendo a situação da família durante anos a fio? Um belo dia, um telefonema indiscreto, ou um bilhete perdido no paletó, põem a farsa por água abaixo. Ou o casal de namorados que esconde dos pais que já têm vida sexual até o dia que a menina aparece grávida?

Todas são situações em que tudo parecia dar certo, apesar das flagrantes transgressões e da falta de ética dos envolvidos. Logo, nem tudo que dá certo, ou que funciona por um tempo, é correto. Qual é a fonte de nossa ética? Ela é orientada pela funcionalidade ou por princípios que sinalizam se nossos atos estão certos ou não?

Esta ética pragmática só pode ser fruto de um caráter deformado que desconsidera que a verdade tem de ser compatível com a realidade e não com a conveniência e com os resultados. Sem dúvida precisamos buscar resultados, mas os que são compatíveis com a justiça, com a verdade e retidão.

Deixemos de lado o pragmatismo e sigamos os princípios da Palavra de Deus. Somente assim nossas atitudes e decisões serão essencialmente certas.


Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site www.institutojetro.com e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

19/11/2008

Novíssimas 'pérolas' do Enem 2008

Novamente um post sobre educação, ou melhor, sobre a falta dela... Os comentários também vieram junto... Enem na versão 2008 01) “o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta.” (Percussão essa que tem Carlinhos Brown na ponta!) 02) “A amazônia é explorada de forma piedosa.” (É?) 03) “Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar o planeta.” (Eu quero me unir separado, tem como?) 04) “A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu.” (e na velocidade ciiiiiinnnncooooo!!) 05) “Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta.” (Ha é, isso é!) 06) “O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação.” (porque pleonasmo pouco é bobagem, tem que ter uma hipérbole no meio.) 07) “Espero que o desmatamento seja instinto.” (Eu espero que não!!!!) 08) “A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo.” (é, o mínimo que se pode fazer por um animal extinto é dar um ar limpo para ele dar uma bimbada!) 09) “A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta.” (Esse deveria ser o tema do Emo Day 2009) 10) “Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis.” (100.000 milhões de espermatozóides e foi esse que passou!!) 11) “Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas.” (Ainda bem que eles ainda têm a respirada) 12) “Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna.” (eu não preciso, lalalá, eu não preciso….lalala) 13) “Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza.” (Mas mantém as renováveis =p) 14) “A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica.” (E a principal vítima do Enem é o português) 15) “A amazônia tem valor ambiental ilastimável.” (É verdade, mas eu lastimo, hááá eu lastimo muito) 16) “Explorar sem atingir árvores sedentárias.” (É mesmo, peguem só essas malditas árvores ativas que não saem da academia) 17) “Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia.” (Medo…o Bush demonstrou fezes no Iraque também e olha só o que deu…..) 18) “Paremos e reflitemos.” (Hã….tá Dalai Lama) 19) “A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas.” (Tira crachá aonde?) 20) “Retirada claudestina de árvores.” (Pulga que partiu *****) 21) “Temos que criar leis legais contra isso.” (É, porque de Leis ilegais o Brasil está farto!) 22) “A camada de ozonel.” (É aquela que cobre o Donut?) 23) “a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor.” (Ou seja, a galera do Zorra Total!) 24) “A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração.” (Gênesis, capítulo….) 25) “A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável.” (Esse é o famoso “redação com 30 linhas”) 26) “Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação.” (Grita você, eu tenho vergonha!) 27) “Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises.” (Depois você ainda é contra a hipotenusa) 28) “A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes.” (Fiquei imaginado a cena…juro!) 29) “O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório.” (tadinhos….) 30) “O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando.” (subindo!) 31) “Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc.” (Os elefantes e tigres estão mesmo extintos) 32) “Convivemos com a merchendagem e a politicagem.” (e também com a ignorância….) 33) “Na cama dos deputados foram votadas muitas leis.” (profundo!) 34) “Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia.” (Lula, já avisamos para não ajudar as crianças no Enem) 35) “O que vamos deixar para nossos antecedentes?” (a fórmula da longevidade?) 36) “A fiscalisação tem que ser preservativa.” (mas de látex, que é impermeavel) 37) “Não podem explorar a Amazônia de maneira tão devassaladora.” (É hora de morfar!!!! devastadora + avassaladora= Devassaladora!!) Agora comentário meu: Deus que nos ajude! Esse é o nível dos meninos e meninas que vão povoar este país daqui a uns anos! Lógico que não são todos, mas é triste esta realidade!

A rica língua portuguesa...

Apenas a língua portuguesa nos permite escrever isto: Pedro Paulo Pereira Pinto, pequeno pintor português, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos. Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir. Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos para poder pagar promessas. Pálido, porém personalizado, preferiu partir para Portugal para pedir permissão para papai para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris. Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los. Pareciam plácidos, porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se principalmente pelo Pico, porque pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações, pois, pelo passo percorriam, permanentemente, possantes potrancas. Pisando Paris, permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo Pedro Paulo precaver-se. Por profundas privações passou Pedro Paulo. Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal. Povo previdente! Pensava Pedro Paulo... Preciso partir para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios, pintando principais portos portugueses. - Paris! Paris! Proferiu Pedro Paulo. - Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir. Pisando Portugal, Pedro Paulo procurou pelos pais, porém, Papai Procópio partira para Província. Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para Papai Procópio para prosseguir praticando pinturas. Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo portão principal. Porém, Papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu: Pediste permissão para praticar pintura, porém, praticando, pintas pior. Primo Pinduca pintou perfeitamente prima Petúnia. Porque pintas porcarias? - Papai, proferiu Pedro Paulo, pinto porque permitiste, porém, preferindo, poderei procurar profissão própria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer por Portugal. Pegando Pedro Paulo pelo pulso, penetrou pelo patamar, procurando pelos pertences, partiu prontamente, pois pretendia pôr Pedro Paulo para praticar profissão perfeita: pedreiro! Passando pela ponte precisaram pescar para poderem prosseguir peregrinando. Primeiro, pegaram peixes pequenos, porém, passando pouco prazo, pegaram pacus, piaparas, pirarucus. Partindo pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar pertinho, para procurar primo Péricles primeiro. Pisando por pedras pontudas, Papai Procópio procurou Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito. Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Péricles profissionalizar Pedro Paulo. Primeiramente Pedro Paulo pegava pedras, porém, Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos. Particularmente Pedro Paulo preferia pintar prédios. Pereceu pintando prédios para Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas. Pobre Pedro Paulo, pereceu pintando... permita-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar... Para parar preciso pensar. Pensei. Portanto, pronto pararei. JustificarE você ainda se acha o máximo quando consegue dizer: 'O Rato Roeu a Rica Roupa do Rei de Roma'?

18/11/2008

Evolução do ensino da matemática desde 1950

Recebi hoje esta mensagem. Não há menção de quem é o autor do texto, mas o julguei bastante interessante e verdadeiro, infelizmente. O pior de tudo isso é que esta situação está ocorrendo com todas as outras disciplinas. Lembro que o que eu estudei na 3ª e 5ª séries (antigas) está sendo discutido hoje no Ensino Médio! É triste pensar que involuimos na educação brasileira. É o que penso. Fique à vontade para comentar!!
Eis a mensagem recebida: Relato de uma professora de matemática
Semana passada comprei um produto que custou R$ 1,58. Dei à balconista R$2,00 e peguei na minha bolsa 8 centavos, para evitar receber ainda mais moedas. A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer. Tentei explicar que ela tinha que me dar R$ 0,50 centavos de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender.
Por que estou contando isso? Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim: 1950 Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda. Qual é o lucro? 1970 Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00. Qual é o lucro? 1980 Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. Qual é o lucro? 1990 Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. Escolha a resposta certa, que indica o lucro: ( )R$ 20,00 ( )R$ 40,00 ( )R$ 60,00 ( )R$ 80,00 ( )R$ 100,00 2000 Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. O lucro é de R$ 20,00. Está certo? ( )SIM ( )NÃO 2008 Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$ 80,00. Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00. ( )R$ 20,00 ( )R$ 40,00 ( )R$ 60,00 ( )R$ 80,00 ( )R$ 100,00 E agora? Como será em 2010?

Conferência Jovem com Dr. William Douglas

Atenção concurseiros, vestibuleiros e estudantes em geral

Nos dias 29 e 30 de novembro o Dr. William Douglas, servo de Deus que tem se destacado no meio acadêmico por sua rápida ascensão profissional, estará ministrando palestra no templo da Primeira Igreja Batista de Palmas, na 504 Sul (Arse 51), na Capital do Tocantins.A conferência terá a temática O futuro da juventude, que será desenvolvida em quatro palestras.

Maiores informações no blog da igreja - www.pibdepalmas.blogspot.com - ou pelo telefone 63-3214-5856

Algumas informações importantes A conferência é gratuita, mas é preciso retirar ingresso para cada uma das palestras. A troca dar-se-á mediante entrega de alimento não-perecível, um quilo por palestra.

Artigo para reflexão

Artigo atribuído à Procuradora do Trabalho em Minas Gerais, Maria Amélia Bracks Duarte

Família fragilizada

O pátrio poder foi transferido para os psicólogos e para a escola

A imprensa destaca, em apenas dois dias, três notícias de relevância social, todas ocorridas em Belo Horizonte: aluno espanca professor de escola estadual; rapaz de 15 anos foi flagrado com revólver calibre 32 na mochila; e, em outra escola da Região Norte, duas adolescentes ameaçam surrar a vice-diretora. Elas, de enorme gravidade, denunciam a violência na sociedade, os conflitos na convivência com a juventude, a perda de valores patriarcais, indispensáveis à saúde psicológica: autoridade, respeito, ética, obediência e hierarquia. O mundo ficou globalizado, mas perdeu as estribeiras: jovens agridem pais, desacatam professores, picham muros, queimam mendigos, estupram crianças, seqüestram namoradas, matam amigos, bebem e se drogam, sem freios sociais. Para piorar, há organizações que lutam contra as palmadinhas pedagógicas e educativas que os pais aplicavam nas crianças malcriadas; filhos da geração que nada podia, agora podem tudo: empurrar a mãe; desobedecer às ordens legítimas do pai; espernear nos shoppings centers, como se estivessem sendo agredidas; hostilizar professores; depredar escolas; e usar o sexo como arma para todas as guerras. Não há limites para a (má) educação. O ajoelhar-se nos grãos de milho atrás da porta transformou-se, agora, no cantinho do pensamento e reflexão. Voltamos ao tempo do "é proibido proibir".

O pátrio poder foi transferido para os psicólogos e para a escola, sem vocação para substituir a autoridade do antigo pai, que, com um estalar de dedos ou com um olhar severo guiava a família. Embora hoje o pai seja mais próximo, mais lúdico e menos prepotente, a vida é mais confortável, mas insegura, porque convive-se com o abandono decorrente do individualismo, e exporta ao estímulo de bens apenas materiais. É necessário recuperar o vínculo familiar, com pais e mães reaprendendo a educar, com convicções, certezas e também dúvidas, para que os jovens reconheçam a alteridade e os nortes fixados, balizadores da conduta pessoal e moral. O declínio da função paterna instituiu mudanças profundas na família, cuja instância educativa tem seu pilar no conceito de valores e regras que sinalizarão o futuro das relações sociais. A sociedade é o resultado da ruptura de bases: precocidade do trabalho infantil; tolerância à falta de caráter; impunidade; separações conjugais quase sempre conflituosas; violência que ronda as casas, protegidas por arames e cercas elétricas; perda da alegria das brincadeiras de ruas, em que nasciam os laços de amizade; relações afetivas descartáveis; filhos mal-educados por programas de televisão perniciosos e que estimulam a erotização da criança. Enfim, o futuro da colheita depende do que plantarmos e das transformações que conseguirmos, ou, citando dois provérbios chineses colhidos do livro da Beatriz Coutinho e Cecília Caram: "Tecer uma rede é melhor que rezar por peixes à beira da água" ou "quando a raiz está firme, os galhos florescem".

Dicas sobre ditos populares

O texto abaixo é atribuído ao professor Pasquale Cipro Neto. Não posso afirmar que seja realmente, mas vale a pena a leitura.

------

No popular se diz: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro' O correto é: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro'

Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.' Enquanto o correto é: ' Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.'

'Cor de burro quando foge.' O correto é: 'Corro de burro quando foge!'

Outro que no popular todo mundo erra: 'Quem tem boca vai a Roma.' O correto é: 'Quem tem boca vaia Roma.' (isso mesmo, do verbo vaiar).

Outro que todo mundo diz errado, 'Cuspido e escarrado' - quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa. O correto é: 'Esculpido em Carrara.' (Carrara é um tipo de mármore)

Mais um famoso... 'Quem não tem cão, caça com gato.' O correto é: 'Quem não tem cão, caça como gato... ou seja, sozinho!'

Vai dizer que você falava corretamente algum desses?

17/11/2008

Lifehouse's Everything Skit

Esquete apresentada por um grupo cristão, durante um festival de inverno em Knoxville (EUA), em 2006. Representa de maneira bem contundente o que Cristo faz por nós. Vale a pena assistir e refletir! Querendo maiores detalhes sobre o significado do vídeo, entre em contato comigo, ou procure uma igreja que professe Cristo como Salvador e Senhor!

15/11/2008

Álbum grátis - Plus Salvation

Plus Salvation disponibiliza álbum para download gratuito http://www.dotgospel.com/noticias_plus-salvation-disponibiliza-album-para-download-gratuito_4020.html

A Plus Salvation publicou nesta última quarta-feira o download gratuito do album "Mudou Minha Vida", segundo eles é um presente de Natal para todos que curtem a banda e uma forma de ampliar ainda mais os horinzontes da carreira, além de preparar o público para o próximo álbum que começará a ser gravado no primeiro semestre de 2009. O download conta com o CD oficial, encarte e a história detalhada da banda, vale a pena conferir.

A Plus Salvation tem mostrado seu trabalho por vários lugares do Brasil, com o propósito principal de espalhar o evangelho e ganhar almas. Hoje a banda está se fixando no meio rock-cristão com participações em eventos importantes do segmento, a música "Mudou Minha Vida" entrou para as paradas da Gospel FM (rádio 90.1 em São Paulo) e também tem ganho espaço em eventos importantes do ano como: Impacto Gospel, Explosão Gospel no Playcenter, S.O.S da Vida, Clamour Fest e a abertura exclusiva do show de lançamento do novo CD do Oficina G3, "Depois da Guerra" em Campo Limpo Paulista, interior de São Paulo.

Mais Informações no site da banda: www.plussalvation.com.br

Clique aqui e baixe o álbum Mudou Minha Vida do Plus Salvation

Mais informações de Plus Salvation no site abaixo

http://www.dotgospel.com/artista/Plus+Salvation

08/11/2008

Para reflexão

Ninguém é insubstituível

Sala de reunião de uma multinacional; o CEO nervoso fala com sua equipe de gestores. Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: ninguém é insubstituível.
A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio. Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada.
De repente um braço se levanta e o CEO se prepara para triturar o atrevido:
- Alguma pergunta?
- Tenho sim. E o Beethoven?
- Como? – o CEO encara o gestor confuso.
- O senhor disse que ninguém é insubstituível; e quem substitui o Beethoven?
Silêncio.
...
Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso. Afinal, as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo, continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que quando sai um é só encontrar outro para por no lugar.
Quem substitui Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Dorival Caymmi? Garrincha? Michael Phelps? Santos Dumont? Monteiro Lobato?Faria Lima ? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso?
Todos esses talentos marcaram a História fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem – ou seja – fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim, insubstituíveis.
Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa. Está na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar 'seus gaps'.
Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi, preguiçoso, Kennedy, egocêntrico, Elvis, paranóico.
O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.
Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.
Se você ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe corre o risco de ser aquele tipo de líder que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo e Gisele Bundchen por ter nariz grande.
E na sua gestão o mundo teria perdido todos esses talentos...

...
Autora: Célia Spangher

Diante da Cruz - Hillsongs

06/11/2008

Novo CD de Claudivan Santiago

Meu amigo Claudivan Santiago está com CD novo na Praça

Poesia Inviolada. Vale a pena o contato para apreciação da boa música.

Confira o post dele mesmo no blog, cujo link está abaixo.

http://claudivansantiago.blogspot.com/2008/09/saindo-do-forno-amigos-o-meu-cd-poesia.html

MEC propõe mudanças no curso de jornalismo

Brasília - O Ministério da Educação quer mexer na estrutura dos cursos de jornalismo para permitir que outros profissionais possam, em menos tempo, completar sua formação e atuar na área sem precisar cursar inteiramente uma faculdade de comunicação. Uma comissão para estudar mudanças nas diretrizes curriculares do curso deverá ser formada nos próximos dias.

De acordo com o ministro da Educação, Fernando Haddad, a idéia é permitir que, por exemplo, um economista formado possa fazer apenas as disciplinas de um "núcleo duro" dos cursos de jornalismo, algo em torno de dois anos, para poder obter o diploma. "O jornalismo é um bom caso para essas mudanças, mas não o único. Poderá abrir caminho para outros", disse o ministro.

Haddad ressaltou que o ministério não vai entrar na discussão sobre a obrigatoriedade do diploma, que está sendo tocada pelo Ministério do Trabalho. Mas pretende fiscalizar com rigidez os cursos de comunicação. A área é a próxima a passar pelo processo de avaliação feito já em Direito, Medicina e Pedagogia.

Nos próximos meses, os cursos com avaliações ruins serão visitados e terão que assinar termos de saneamento de deficiências com o MEC. "A comunicação tem uma conexão direta com a questão democrática, assim como o direito, a medicina e a pedagogia", defendeu Haddad, afirmando que um bom jornalismo, como bons médicos, boas escolas e bons advogados, é parte fundamental da democracia. (Agência Estado)

05/11/2008

Califórnia, Flórida e Arizona proíbem casamento gay

Os eleitores dos Estados americanos da Califórnia, da Flórida e de Arizona aprovaram em referendo uma emenda à Constituição estadual que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Os três Estados fazem parte de um grupo que, juntamente com a votação para presidente e para o Congresso, incluíram na eleição de terça-feira propostas sobre diversos assuntos, incluindo mudanças na legislação sobre aborto, drogas e educação.

Na Califórnia, com 95% dos votos apurados, cerca de 5,1 milhões de eleitores (52% do total) decidiram aprovar a inclusão na Constituição estadual da seguinte frase: "Apenas o casamento entre um homem e uma mulher é válido e reconhecido na Califórnia".

Na Flórida, a mudança foi aprovada por 62% dos eleitores e no Arizona, por 56%.

Ao todo, 27 Estados americanos já haviam proibido antes desta terça-feira o casamento gay, que foi legalizado na Califórnia pela Suprema Corte estadual em junho.

Por causa da decisão do tribunal, milhares de homossexuais viajaram para o Estado para se casar nos últimos meses.

Outras propostas

No total, 153 propostas de mudança das legislações estaduais foram colocadas em votação na terça-feira.

Nos Estados do Colorado e de Dakota do Sul, propostas que restringiam o aborto foram rejeitadas.

Michigan decidiu passar a permitir o uso medicinal da maconha.

Em Nebraska, os eleitores decidiram acabar nas esferas municipais e estadual com programas de ação afirmativa – o tratamento preferencial de pessoas com base em sua raça, cor ou origem.

No Oregon, foi rejeitada uma proposta de limitar a não mais do que dois anos o ensino em qualquer língua que não seja o inglês. Se aprovada, a mudança atingiria duramente escolas voltadas para imigrantes, em que o ensino é na língua mãe dos alunos.

Washington, também na costa oeste, aprovou o suicídio acompanhado para pessoas com doenças terminais.

Economia

Propostas para mudanças nos impostos foram derrotadas em Massachusetts e em Dakota do Norte.

Na área de energia, os eleitores californianos rejeitaram o plano de exigir que as empresas de serviços públicos, como as de eletricidade e gás, utilizem fontes renováveis em metade de sua produção até 2025.

No Missouri, por outro lado, foi aprovada a proposta de que empresas de eletricidade passem a gerar 15% de sua energia a partir de fontes renováveis até 2021.

O mesmo Estado também rejeitou a imposição de um limite de US$ 500 no prejuízo dos fãs de jogos de azar – uma medida com o objetivo de proteger jogadores compulsivos que vão a cassinos em barcos.

Postagem original: http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/11/081105_plebiscitos_resultadosrg.shtml

Billy Graham - Minha Esperança Brasil

04/11/2008

Estudo liga programas de TV à gravidez na adolescência

Adolescentes que assistem muitos programas de TV com conteúdo sexual – sejam cenas ou diálogos – têm probabilidade duas vezes maior de engravidar nos três anos seguintes do que os jovens que assistem poucos desses programas, segundo um estudo da RAND Corporation publicado nesta segunda feira pela revista Pediatrics, da Academia Americana de Pediatria.

O estudo americano é o primeiro a estabelecer uma relação direta entre a exposição de adolescentes a conteúdo sexual na TV e gravidez – tanto de meninas, como dos garotos que assistem aos programas e engravidam suas namoradas.

Para a pesquisadora Anita Chandra, que liderou o estudo, os "adolescentes recebem considerável quantia de informação sobre sexo através da TV e a programação normalmente não destaca os riscos e responsabilidades do sexo".

"Nossas conclusões sugerem que a televisão pode desempenhar um papel significativo nas altas taxas de gravidez adolescente nos Estados Unidos."

Metodologia

No estudo, os pesquisadores acompanharam 2.000 adolescentes entre 12 e 17 anos de idade durante três anos. Os pesquisadores perguntavam sobre os hábitos televisivos e sexuais dos adolescentes.

A análise é baseada nos resultados de cerca de 700 participantes que haviam iniciado suas atividades sexuais neste período e falaram de seu histórico de gestações.

As informações sobre os hábitos televisivos foram combinadas com os resultados de uma outra análise sobre programas de televisão para determinar a freqüência e o tipo de conteúdo sexual a que os adolescentes estão expostos quando assistem TV.

Para os pesquisadores, o conteúdo sexual dos programas pode influenciar a taxa de gravidez na adolescência ao criar a percepção de que relações sexuais sem a proteção anticoncepcional oferecem pouco risco, e estimulando jovens a se iniciar sexualmente mais cedo.

Os pesquisadores se concentraram em 23 programas, que incluíam dramas, comédias, reality shows e programas de auditório.

"A quantidade de conteúdo sexual na televisão dobrou nos últimos anos, e há pouca representação de práticas seguras de sexo nesses programas", diz Chandra.

"Apesar de ter havido algum progresso, os adolescentes que assistem televisão ainda vão encontrar pouca informação sobre as conseqüências de práticas sexuais sem proteção entre os muitos programas mostrando sexo."

Outros fatores

Os pesquisadores afirmam, no entanto, que outros fatores influenciam a gravidez na adolescência.

Adolescentes que moram com os dois pais têm probabilidade menor de engravidar, enquanto meninas, negros e adolescentes com problemas de comportamento como disciplina, estão mais propensos a engravidar.

Os jovens que pretendiam ter filhos cedo também têm mais propensão a engravidar durante a adolescência.

Os pesquisadores recomendam que as redes de TV sejam encorajadas a incluir programas que mostrem relações sexuais de forma mais realista e incluam conseqüências do sexo sem proteção, como doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada.

Eles ainda recomendam que os pais assistam televisão com os filhos adolescentes para explicar as conseqüências de sexo sem proteção e que pediatras perguntem aos jovens que programas de TV eles assistem, para dar mais informações sobre métodos anticoncepcionais.

Mas Chandra afirma que a televisão é apenas parte da dieta midiática dos adolescentes. "Nós também devemos investigar o papel das revistas, da internet e da música", afirmou.

A taxa de gravidez na adolescência vem caindo nos Estados Unidos desde 1991, mas o país ainda é um dos que tem maior incidência entre os países desenvolvidos.

Quase um milhão de jovens meninas engravidam a cada ano, sendo que a maioria dessas gestações não são planejadas. As pesquisas mostram que as mães adolescentes têm mais propensão do que outras meninas a abandonar a escola, precisar de benefícios e viver na pobreza.

A RAND é uma organização de pesquisas sem fins lucrativos que produz análises para o setor público e privado.

Link original da matéria: http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/11/081103_gravidezadolescente_ba.shtml

03/11/2008

Encontrado pica-pau considerado extinto

Pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins encontraram uma espécie de pica-pau considerada extinta. Veja a matéria do Globo Rural.

01/11/2008

Campanha legal

videoLinda campanha sobre doação de órgãos...