17/09/2013

Detidos dois suspeitos de incendiarem o Parque Suçuapara

Homens suspeitos de atear
fogo no Sussuapara são presos

Cleiton Santos da Silva, de 33 anos e Josimar Guerra de Aguiar, de 35, usando um isqueiro atearam fogo em vários pontos do Parque Sussuapara. Testemunha viu e deu voz de prisão... 

Autor: Ana Cássia Costa

Presos suspeitos de atearem fogo no Sussuapara
Foto: Divulgação-Delegacia Estadual de Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo
Dois homens foram vistos ateando fogo em vários pontos ao longo do Parque Sussuapara, em Palmas, nesta segunda-feira, 16. Segundo informou a delegada Ludmila Cristian Cezarino, da Delegacia Estadual de Crimes Contra o Meio Ambiente e Urbanismo (DEMA), uma testemunha viu quando Cleiton Santos da Silva, de 33 anos e Josimar Guerra de Aguiar, de 35, “se abaixavam e com um isqueiro ateavam fogo em vários pontos ao longo do Parque Sussuapara. A testemunha viu, seguiu eles e deu voz de prisão”.

Com ajuda, a testemunha que é um ex-Capitão da Polícia Militar, evitou a fuga dos criminosos e ligou para o 190. A PM levou os dois homens para a delegacia, mas eles negaram o crime. A delegada efetuou a prisão em flagrante de Cleiton Santos e Josimar Guerra, enquadrados no artigo 41 da Lei 9605/98 de Crimes Ambientais, por provocar incêndio em mata e floresta. Os dois estão na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) à disposição da justiça, podendo ser condenados a até quatro anos de prisão.

“Nós acreditamos que os dois possam estar envolvidos em mais crimes do tipo aqui na capital”, afirmou a delegada. Ela disse ainda que os dois não são de Palmas, mas de Guaraí e Araguaína, e que ambos tem passagem pela polícia. “Eles estão aqui há cinco dias e ambos têm passagem por outros crimes”, disse.

A delegada reforçou o pedido à população de que denunciem este tipo de ato na Guarda Metropolitana Ambiental (2111-3000), no 190 e na própria DEMA (3218-6879/6876). “As nossas condições climáticas não favorecem e, dentre outras coisas, o incêndio prejudica a saúde. Qualquer pessoa pode contribuir e não é obrigado a se identificar. Dependemos das informações da população”, afirmou a delegada.

Ocorrências
De acordo com o Major Geraldo Primo, do Corpo de Bombeiros, que acompanha as ocorrências de incêndio, até esta segunda-feira, 16, cerca de 60 focos de incêndios foram registrados pelos Bombeiros, só na capital.

O Tocantins é o 3° Estado que registrou maior número de focos de incêndios no país, perdendo para o Mato Grosso, em 1º lugar e para o Maranhão, em 2º. De acordo com Major Primo, o número de focos detectados por satélite no Tocantins em 2013 é 5.693. O número de focos combatidos pelo Corpo de Bombeiros no Estado é de 693.

Na capital, desde o início do ano até esta segunda-feira, 16, 346 incêndios foram combatidos e 347 no interior. Em setembro, foram 60 focos na capital e 70 no interior, totalizando 130 incêndios combatidos pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo informou Major Primo, desde junho duas equipes de combate à incêndio florestal e mais duas de combate à incêndio urbano atuam na capital. No interior há uma equipe de cada para atender as ocorrências.

“Ontem recebemos a ajuda de mais 50 brigadistas contratados pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente”, informou Major Primo. Destes 10 ficarão em Palmas e 40 serão distribuídos nas cidades de Araguaína, Porto Nacional, Paraíso, Gurupi, Caseara, Formoso do Araguaia, todas com seis brigadistas cada e Talismã, com quatro.

O Corpo de Bombeiros reforçou o pedido da delegada para que as pessoas denunciem se verem alguém ateando fogo nas matas da cidade.

Fonte: T1 Notícias

Veja como a televisão (Anhanguera) noticiou o fato:

video